Journal of High Andean Research

Revista de Investigaciones Altoandinas

Journal of High Andean Research

 

Publicação:

Universidad Nacional del Altiplano Puno Perú - Vice-reitor de Pesquisa

 

Versão impressa: ISSN 2306-8582

Versão digital: ISSN 2313-2957

 

Missão:

Divulgar resultados e avanços de pesquisas científicas nas diferentes disciplinas do saber, com ênfase em “ciências agropecuárias, biológicas e ambientais” dentro de seções definidas de forma individual, multi/interdisciplinar, realizadas a nível da região, do país ou do exterior, como produto da criatividade, da pesquisa, da crítica e do debate intelectual.

 

 SOBRE A REVISTA (sobre nós)

 

  • Informação básica
  • Indexada
  • Patrocinadores
  • Submissão de artigos

Informação básica

A Revista de Investigaciones Altoandinas - Journal of High Andean Research é publicado pelo Vice-reitor de Pesquisa da Universidad Nacional del Altiplano Puno (Perú), que divulga resultados de pesquisas científicas relacionadas às seguintes áreas: Ciências agropecuárias, biológicas e ambientais em Espanhol, Inglês ou Português.

Periodicidade: Trimestral

Título abreviado: Rev. Investig. Altoandin.

 

Indexado

A Revista Investigaciones Altoandinas é indexada em:

Web of Science                   www.webofscience.com

SCIELO                               http://www.scielo.org.pe/

Dialnet                                  http://dialnet.unirioja.es/revistas  

DOAJ                                     https://doaj.org/

Redib                                    https://www.redib.org/

Latindex                               http://www.latindex.unam.mx/

Alicia Concytec                   http://alicia.concytec.gob.pe/vufind/

 

Cadastro na Base de Dados Internacional:

Crossref                                http://www.crossref.org/

Road                                      http://road.issn.org/

Hinari                                   http://www.who.int/hinari/

 

Patrocinado

Vicerectorado de Investigación - Universidad Nacional del Altiplano  - Puno – Perú.

Copyright:   Universidad Nacional del Altiplano

 

Submissão de artigos

Os manuscritos devem ser submetidos à RIA da UNA Puno via e-mail (ria.investigacion@unap.edu.pe ) anexando a aplicação e ACEITAÇÃO DE CONDIÇÕES PARA PUBLICAÇÃO.

EQUIPE EDITORIAL

• Editor Chefe

• Comitê Editorial

• Comitê Científico

 

 

Editor Chefe

Mg. Fortunato Escobar Mamani

Vice-reitor de Pesquisa

Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú

 

Comitê Editorial

  1. PhD. Juan Marco Aro Aro, Universidad Nacional del Altiplano, Puno (Perú).
  1. Dr. Raúl Benito Siche Jara, Universidad Nacional de Trujillo, (Perú).
  2. PhD.  Vïctor Dante Ayaviri Nina, Facultad de Ciencias Políticas y Administrativas de la Universidad Nacional de Chimborazo, Ecuador.
  3. Dr. George Argota Pérez, Universidad de la Habana, Cuba.
  1. Dr. Domenico Branca, Universitat Autónoma de Barcelona, Cataluña (España).
  2. Dr. Julio Francisco Santillan Aldana, Universidade de Brasília, Brasilia (Brasil).

 

Comitê científico

 

  1. PhD. Valdemar Luiz Tornisielo.- Centro de Energía Nuclear na Agricultura da Universidade de São Paulo – Brasil.
  2. PhD. Michael A. Uzendoski.- Florida State University – USA
  3. Dr. Guillaume Fontaine.- Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales. Quito Ecuador
  4. Dr. Hebert Hernan Soto Gonzales.- Universidade de São Paulo Brasil
  5. PhD. Jorge González Aguilera Embrapa Trigo, Rio Grande do Sul, Brasil.
  6. Dr. José Luís Soto Gonzales.- Universidade de São Paulo Brasil
  7. Dr. Julio Francisco Santillan Aldana.- Universidade de Brasília - Brasilia  Brasil.
  8. Dr. Diodomiro Baldomero Luque Carcasi .- Universidad Federal de Acre - Rio Bronco Brasil.
  9. Dr. Odimar Zanuzo Zanardi.- Laboratorio de Ecología Química, Fondo para la Defensa de los cítricos (Fundecitrus). of São Paulo, Brasil
  10. Dr. Roger Fredy Larico Chavez, Universidade Estadual de Campinas - Brasil.
  11. Dr. Domenico Branca.- Universitat Autònoma de Barcelona, Cataluña, España
  12. Dr. Alberto Acosta Espinosa.-  Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales. Quito Ecuador
  13. PhD. Vïctor Dante Ayaviri Nina - Facultad de Ciencias Políticas y Administrativas de la Universidad Nacional de Chimborazo, Ecuador.
  14. Dr. Fernando García Serrano.- Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales. Quito Ecuador.
  15. Dr. Enock Da Silva Pessoa.- Universidad Federal de Acre - Rio Bronco Brasil
  16. Dr. George Argota Pérez.- Universidad de la Habana, Cuba.
  17. Dr. Gustavo Adolfo Morales Contreras.-  Centro Nacional Investigaciones Agropecuarias - Instituto Nacional de Investigaciones Agrícolas.  República Bolivariana de Venezuela
  18. PhD. Javier Auyero. University of Texas at Austin – USA.
  19. Dr. Pedro Walter Bravo Matheus. University of California, Davis - USA
  20. Dr. Juan Marchena Fernandez.- Universidad Pablo De Olavide Sevilla – España
  21. Dr. Juan Florencio Aller Atucha. Instituto Nacional de Tecnología Agropecuaria. Argentina
  22. Dr. Rodolfo Barrere.- Centro de Estudios Sobre Ciencia, Desarrollo y Educación Superior- Argentina.
  23. Dra. Estela Bevilacqua. Universidade de São Paulo, Sao Paulo, SP – Brasil
  24. Dr. David Alfredo Pacheco Tanaka, Parque Tecnológico San Sebastián Donostía – España
  25. Dr. Adilson Siqueira de Andrade. Universidad Federal de Rondonia - Rondônia Brasil
  26. Mag. Nayibe Gutierrez Montoya.- Universidad Pablo Olavide Sevilla – España
  27. Dr. Duberlis Correa Peña y Lillo. Universidad de Santiago de Chile- Chile
  28. Dr. Gerardo Zamora Echenique. Universidad Técnica de Oruro, Bolivia
  29. Dr. Augusto Pumacahua Ramos-  Universidad Peruana Unión – Juliaca San Roman Puno Perú.
  30. Dr. Raúl Benito Siche Jara.- SCIENTIA AGROPECUARIA de la Universidad Nacional de Trujillo, Perú.
  31. Dr. César Rodolfo Nureña Arias.- Investigador del Consejo Nacional de Ciencia, Tecnología e Innovación Tecnológica (CONCYTEC) , Perú
  32. Dr. Jaime Agustín Sánchez Ortega.- Investigador del Consejo Nacional de Ciencia, Tecnología e Innovación Tecnológica (CONCYTEC) , Perú
  33. Dra.- Luz Leonor Mattos Calderón.- Universidad Nacional Agraria La Molina – Lima Perú
  34. Dr. Lorgio Verdi Olivares .- Universidad Nacional de la Amazonía Peruana - Equitos Perú
  35. Dr. Fernando Vásquez Pacheco.- Universidad Católica de Chimbote-Perú.
  36. Dr. Wenceslao Medina Espinoza.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  37. PhD. Juan Marco Aro Aro.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  38. Dr. Marcelino Jorge Aranibar Aranibar.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  39. PhD. Bernardo Roque Huanca.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  40. Dr. Luis Olivera Marocho.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  41. Dr. Tudela Mamani, Juan Walter, Universidad Nacional del Altiplano-  Puno Perú
  42. Dr.  Vladimiro Ivañez Quispe.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  43. Dra. Myrian Eugenia Pacheco Tanaca.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  44. Dr. Walter Alejandro Zamalloa Cuba.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  45. Dr. Juan Gregorio Zapana Pari.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú
  46. Dra. Nelly Martha Rocha Zapana.- Universidad Nacional del Altiplano - Puno Perú

 

 INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

• Manuscritos

• Categorias artigos

• Estrutura para a apresentação de trabalhos científicos

 

Manuscritos

A contribuição para publicação na Revista de Investigaciones altoandinas (RIA) deve ser original e inédita A4 espaço duplo (21 por 29,7 cm), com fonte Times New Roman, corpo 12, com linhas numeradas, assinalando a categoria de candidato, como está resumido na Tabela No. 01 escritos em Espanhol ou Inglês ou Português ajustado à política Editorial. Na primeira página deve conter o título do artigo, nome do (s) autor (es), categoria profissional, filiação institucional à que pertencem, código postal, e-mail e número de celular de contato. Na segunda folha, começa o trabalho, sem nenhum dado de identificação dos autores.

Os manuscritos devem ser sincronizados para “ciências agropecuárias, biológicas e ambientais” em uma das seguintes seções:

• Agricultura de Precisão

• Agroecologia

• Agronegócio e Ciência de Alimentos

• Adaptação às Mudanças Climáticas

• Uso sustentável dos recursos naturais

• Biodiversidade e serviços ecossistêmicos

• Biocomercio, Economia Ecológica, Geografia econômica

• Ciência Animal e Pastagens

• Competitividade e Diversificação empresarial e industrial

• Funcionamento biológico, químico e físico do solo

• Desenvolvimento Económico e Organizacional

• O desenvolvimento rural sustentável

• Ecofisiologia vegetal e produção de hortaliças

• Energia Limpa, segura e eficiente

• Genômica, Genética Molecular e Biotecnologia

• Educação e Sociedade do Conhecimento

• Melhoramento Genético, Recursos Zoogenéticos e Produção Agropecuária

• Melhoramento Genético Vegetal e Recursos Fitogenéticos

• Saúde Vegetal e Proteção de Cultivos

• Saúde e Bem-estar Social e do Ambiente Agrário

• Solo e mudanças climáticas

•Segurança alimentar

 

Categorias de artigos

Os artigos enviados à Revista de Investigaciones Altoandinas (RIA), deve ser definido com a Tabela No. 01; eles devem ser originais e não devem ter sido publicados, nem submetidos para publicação parcial em outra revista ou a formatação impressa ou eletrônica.

 

Tabela Nº 01 categorias de artigos aceitos pela RIA: Políticas de seção

Categoria do Artigo de pesquisa.

Resumo do Artigo, número de palavras

Conteúdo Máximo de palavras

Número de Tabelas e Figuras

Referências Bibliográficas, requerimento mínimo

Editorial (*)

--

2000

--

5

Artigos originais

250

4000

6

25

Art. Original breve

150

3000

4

15

Relato de casos

150

3000

5

15

Artigos de Revisão

250

5500

5

60

Simpósio (*)

250

5500

4

25

Galeria fotográfica

--

1000

12

10

 Cartas ao editor

--

1000

1

5

  * Seção solicitada ou apresentada pelo Editor da Revista de Investigaciones Altoandinas.    

 

 

 

ESTRUTURA PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

Título do artigo: Redigido em Espanhol e Inglês como média 15 palavras, deve ser atraente, inovador, preciso, claro e expressar o conteúdo do texto escrito; não use nomes comerciais ou abreviaturas, porque eles podem ter diferentes significados em campos diferentes. Por exemplo, “Ca” cálcio poderia ser confundido com “CA”, que significa câncer.

Autor (es) e instituição (ões) e filiação, digite o primeiro nome, nome (o autor), inicial do nome e sobrenome ... (Seguintes autores); estar referenciados com números sobrescritos.

 Resumo e Abstract, redigido em Espanhol e Inglês, versão resumida do artigo deve ser conciso, no tempo pretérito com um único parágrafo de um máximo de 250 palavras, pois se refere a um trabalho já feito. Ele inclui introdução, materiais e métodos, resultados e conclusões. Não escreva em siglas ou abreviaturas, não citar referências ou submeter qualquer informação ou conclusão que não esteja escrito no artigo.

Palavra-chave (Key word), em Espanhol e Inglês, até cinco descritores ou palavras-chave, em ambos idiomas, palavras-chave devem aparecer no final do parágrafo de resumo (abstract), de preferência não coincidir com o título.

Introdução (Qual é o problema objeto de estudo e porque estudou?): Escreva a pesquisa descrevendo o problema, antecedentes e justificação de apoio pela literatura científica; explicar a importância do tema e os objetivos no final da seção.

Materiais e Métodos (Como e com que materiais realizou o estúdio?) Descrever de forma concisa para facilitar a replicação para outros pesquisadores, a menos que sejam novos procedimentos que serão descritos em detalhe (metodologia utilizada para testar as hipóteses). Considerar o seguinte: Tipo de estudo, população, tamanho da amostra, tipo de amostragem, instrumentos de coleta de dados, técnicas de processamento e análise estatística ou fontes de mecanismos de debate de fatos sociais.

Resultados (o que foi encontrado na investigação?): Descrever os resultados encontrados e demonstrações em seqüência lógica, apoiados por tabelas, figuras e análise estatística. Eles são estruturados com base aos objetivos, com títulos e subtítulos. Encontram-se descritos aspectos transcendentais.

Discussão (O que encontrou-se na pesquisa?): Se analisam e explicam os próprios resultados e fazem comparações com conhecimentos prévios (debate base teórica e empírica). Procura-se a defender a validade e confiabilidade do estudo. A discussão segue a estrutura dos resultados, sem títulos ou subtítulos.

• Conclusões (qual é a posição do pesquisador no que tange ao problema investigado): O resumo da discussão; Ele apresenta a contribuição do autor. Ele responde aos objetivos, hipóteses e problemas apresentados em ordem de importância.

• Agradecimento. Às pessoas e instituições que apoiaram à pesquisa, preenchendo a fonte de financiamento recebido.

• Referências Bibliográficas: Devem ser citados e referenciados com questões de pesquisa e publicações dos últimos cinco anos em revistas científicas de alto impacto estabelecido na política editorial. Citação e referências devem ser ajustados às regras de APA 6ª Edição. Além disso, e uma obrigação o uso do EndNote ou Mendeley /outra referência bibliográfica).

Tabelas e Figuras: Numeradas em forma correlativa em número arábigos, localizadas no texto onde é apropriado. O tamanho máximo real é 12x18 cm, incluindo cabeçalho da tabela e / ou figura rodapé (no caso de tabelas adjuntar dados em Excel). Cada uma se apresentar em um documento separado (Tabela 1, Tabela 2, ... ou Figura 1, Figura 2 ...), e terão que ser enviados sem chaves (uma figura se considerada gráfica, de desenho ou fotografia) ajustados às regras da APA 6ª edição.

  

 

ASSINATURAS

 

 

Vice-reitor de Pesquisa (VRI) - Universidad Nacional del Altiplano Puno Perú (UNAP)

Cidade Universitaria, Av. Sesquicentenario No. 1150

e-mail: ria.investigacion@unap.edu.pe Telefone +(051) 365054,    599430 Anexo 30104

http://www.unap.edu.pe    -  http://vriunap.pe/   -   http://huajsapata.unap.edu.pe/ria